Restaurando o Altar da Adoração

PDFImprimirE-mail

AddThis Social Bookmark Button

alt

 

Restaurando o Altar da Adoração

 

TEXTO BASE: EZEQUIEL 43:1-9
 
1. Então me levou à porta, à porta que olha para o caminho do oriente.
2. E eis que a glória do Deus de Israel vinha do caminho do oriente; e a Sua voz era como a voz de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da Sua glória.
3. E o aspecto da visão que tive era como o da visão que eu tivera quando vim destruir a cidade; e eram as visões como as que tive junto ao rio Quebar; e caí sobre o meu rosto.
4. E a glória do SENHOR entrou na casa pelo caminho da porta, cuja face está para o lado do oriente.
5. E levantou-me o Espírito, e me levou ao átrio interior; e eis que a glória do SENHOR encheu a casa.
6. E ouvi alguém que falava comigo de dentro da casa, e um homem se pôs em pé junto de mim.
7. E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do Meu trono, e o lugar das plantas dos Meus pés, onde Habitarei no meio dos filhos de Israel para sempre; e os da casa de Israel não contaminarão mais o Meu nome santo, nem eles nem os seus reis, com suas prostituições e com os cadáveres dos seus reis, nos seus altos,
8. Pondo o seu limiar ao pé do Meu limiar, e o seu umbral junto ao Meu umbral, e havendo uma parede entre Mim e eles; e contaminaram o Meu santo nome com as suas abominações que cometiam; por isso eu os consumi na Minha ira.
9. Agora lancem eles para longe de Mim a sua prostituição, e os cadáveres dos seus reis, e Habitarei no meio deles para sempre.
 
ESBOÇO DA MENSAGEM:
 
1º) Passar pela Porta (vers. 1).
 
Esse não é o ponto de partida apenas da restauração do altar, mas é o início da vida cristã. O Evangelho da Graça começa pela Porta. Entrai pela Porta estreita (Mt 7:13), pois quem entrar por essa Porta chamada JESUS, nosso Amado Pastor, se salvará e sempre achará pastagem (Jo 10:9).

Não existe outro Caminho (Jo 14:6). Se você não passar pela Porta, nunca encontrará a salvação e nunca conseguirá restaurar o altar. Mesmo que você pense estar andando no “caminho certo”, você não terá legalidade para entrar no Reino dos Céus se não reconhecer que Cristo é o seu SENHOR e SALVADOR. Aquele que não entrar pela porta e tenta ter acesso ao Reino pulando o muro ou até mesmo a janela, torna-se ladrão e salteador (Jo 10:1). Pular o muro ou a janela é legalismo (posição doutrinária que enfatiza um sistema de regras e regulamentos para alcançar salvação e crescimento espiritual), ou seja, esse “pulo” é dado por aqueles que querem ser salvos através de suas próprias obras e acreditam que suas boas ações e o ato de se afastar das más obras o levará ao céu. Mas aquele que passou pela porta sabe que a única obra que era necessária a se fazer para termos o benefício da salvação e da vida eterna já foi feita na Cruz do Calvário e, por sermos salvos ao passar pela Porta, praticamos as boas obras.
Para concluir esse primeiro tópico, deixo aqui registrado que o versículo 1 do capítulo em questão, diz que o profeta foi levado “à porta que olha para o CAMINHO DO ORIENTE”. Oriente é o lado leste, o lado do “nascer do sol” (onde tudo começa). O que mais me chamou atenção é o fato do Tabernáculo ter apenas uma porta, que ficava virada para o lado oriental. Aqui vemos que CRISTO é a Porta (Jo 10:9), o Oriente (Mt 2:2; Lc 1:68) e o Sol da Justiça (Ml 4:2).
 
 
2º) Render-se ao ESPÍRITO SANTO (vers 5).
 
Agora que já entendemos onde começa a verdadeira adoração, precisamos compreender também que sozinhos nunca conseguiremos andar por esse Caminho estreito (Mt 7:14). Como o nosso amado DEUS conhece nossa estrutura e sabe que somos pó (Sl 103:14), enviou seu Único Filho, JESUS, a Porta da nossa Salvação, para viver conosco. Porém, nessa terra Ele não poderia viver eternamente. Então, Ele mesmo fez uma promessa: “EU rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro CONSOLADOR, para que fique convosco para sempre (Jo 14:16)”. E Recebemos a promessa da descida do Espírito Santo... e Ele veio até nós.
 
Esse Maravilhoso e Supremo Amigo está conosco todos os dias para nos ajudar. Mas, apesar dEle ser nosso Amigo, Ele não deixa de ser o SENHOR da nossa vida e, como servos Seus, precisamos ser submissos à Sua Doce Voz.
Vemos no versículo 5 que o profeta foi submisso ao Espírito Santo e não resistiu ao Seu mover quando Ele o levou para dentro. Quando ele entrou no templo, guiado pelo Espírito, a glória do SENHOR encheu aquele lugar. E é exatamente isso que acontecerá conosco se passarmos a ser submissos e nos render a esse Espírito que é Santo, Santo, Santo.
 
 
3º) RESTAURANDO O ALTAR DA ADORAÇÃO (vers 9).
 
O versículo 9 desse mesmo capítulo, cita duas coisas que eu nunca tinha imaginado que poderia existir no meio do povo. O próprio DEUS ordena ao povo que lançassem para longe dEle sua PROSTITUIÇÃO e os CADÁVERES DOS SEUS REIS, pois só assim DEUS habitaria no meio deles para sempre. Mas qual o significado dessas coisas?
 
3.1) PROSTITUIÇÃO – Qual é o tipo de adoração que DEUS requer de você? Qual fruto você tem dado a ELE? Essa prostituição vem a ser exatamente isso: A FALTA DOS FRUTOS.
 
Sabemos que na prostituição existe prazer, mas não existe procriação. Existe uma felicidade momentânea, mas não existe geração de filhos. Isso não pode existir de forma alguma no nosso meio: crentes que querem prazer, querem as bênção, querem as riquezas e a prosperidade, mas não querem gerar filhos espirituais, não querem ser ganhadores de almas. O ato de ganhar almas é a maior adoração que Deus requer de nós. É esse altar que Deus quer que você restaure HOJE mesmo. Você quer adorar a DEUS em espírito e em verdade? Ame ao SENHOR, louvando na igreja (em espírito) e ame ao SENHOR ganhando almas fora da igreja (em verdade).
 
3.2) CADÁVERES DOS REIS – Qual é o papel de um rei? Um rei é designado realmente para governar, para conduzir, para representar e para reinar sobre seu povo. Mas o que vem a ser esses cadáveres de reis? Todos nós sabemos que a nação de Israel teve diversos reis e, infelizmente, a maioria deles fizeram o povo perecer, pois levaram a nação escolhida de Deus a se prostrar diante de outros deus. Deus então diz ao profeta Ezequiel e ao povo para tirar do meio deles os cadáveres dos seus reis, os cadáveres dos homens que os lavavam a pecar.
 
Será que existem alguns cadáveres de reis no nosso meio? Coisas que antes nos dominava, reinando sobre nós junto com o “velho homem”? Se ainda existem coisas assim como pensamentos errados, lugares proibidos, momentos enganosos e até mesmo os falsos “amigos” que, mesmo após a nossa conversão, ainda estão querendo nos fazer pecar, destruindo ainda mais o altar que necessita de restauração, é necessário tirar esses cadáveres de dentro dos nossos corações. Nada que ficou para trás lá no mundão serve para edificação. Precisamos abrir mão de vez de tudo aquilo que nos fazia ter uma vida pecaminosa, pois só assim DEUS habitará no nosso meio para sempre.
 
 
4º) Ser eternamente habitação do DEUS (vers 7).
O versículo 7, assim como toda a Bíblia, é Maravilhoso! Aqui DEUS faz uma promessa ao profeta Ezequiel dizendo que habitaria para sempre no meio Seu povo, pois ali é o lugar do Seu trono e da planta dos Seus pés. Mas sabemos que o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens (At 7:48; 17:24). Então, como Ele habitará para sempre no nosso meio? A resposta está na própria pergunta: no nosso meio, dentro de nós. O templo que DEUS quer realmente habitar não é o templo feito por mãos humanas, mas o templo feito pelas mãos divinas, feitas por Ele mesmo. DEUS quer habitar no meio de nós, pois somos templo do Espírito Santo (1ª Co 3:16).
 
Não deixe para amanhã a Restauração que você precisa fazer HOJE. O ALTAR DA ADORAÇÃO É COISA SÉRIA! Apesar de vivermos na dispensação da Graça, não podemos brincar com a Adoração, pensando que isso é coisa do Antigo Testamento. O Espírito Santo anseia morar dentro de você, por isso, se você ainda não passou pela Porta, se rendeu a Ele e tirou toda a prostituição e os cadáveres dos antigos reis de seu coração, faça isso AGORA MESMO...
e seja um VERDADEIRO ADORADOR COM UM ALTAR COMPLETAMENTE RESTAURADO!
 
DEUS VOS ABENÇOE!
Pr.LucianoXisto
 TEXTO BASE: EZEQUIEL 43:1-9
 
1. Então me levou à porta, à porta que olha para o caminho do oriente.
2. E eis que a glória do Deus de Israel vinha do caminho do oriente; e a Sua voz era como a voz de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da Sua glória.
3. E o aspecto da visão que tive era como o da visão que eu tivera quando vim destruir a cidade; e eram as visões como as que tive junto ao rio Quebar; e caí sobre o meu rosto.
4. E a glória do SENHOR entrou na casa pelo caminho da porta, cuja face está para o lado do oriente.
5. E levantou-me o Espírito, e me levou ao átrio interior; e eis que a glória do SENHOR encheu a casa.
6. E ouvi alguém que falava comigo de dentro da casa, e um homem se pôs em pé junto de mim.
7. E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do Meu trono, e o lugar das plantas dos Meus pés, onde Habitarei no meio dos filhos de Israel para sempre; e os da casa de Israel não contaminarão mais o Meu nome santo, nem eles nem os seus reis, com suas prostituições e com os cadáveres dos seus reis, nos seus altos,
8. Pondo o seu limiar ao pé do Meu limiar, e o seu umbral junto ao Meu umbral, e havendo uma parede entre Mim e eles; e contaminaram o Meu santo nome com as suas abominações que cometiam; por isso eu os consumi na Minha ira.
9. Agora lancem eles para longe de Mim a sua prostituição, e os cadáveres dos seus reis, e Habitarei no meio deles para sempre.
 
ESBOÇO DA MENSAGEM:
 
1º) Passar pela Porta (vers. 1).
 
Esse não é o ponto de partida apenas da restauração do altar, mas é o início da vida cristã. O Evangelho da Graça começa pela Porta. Entrai pela Porta estreita (Mt 7:13), pois quem entrar por essa Porta chamada JESUS, nosso Amado Pastor, se salvará e sempre achará pastagem (Jo 10:9).

Não existe outro Caminho (Jo 14:6). Se você não passar pela Porta, nunca encontrará a salvação e nunca conseguirá restaurar o altar. Mesmo que você pense estar andando no “caminho certo”, você não terá legalidade para entrar no Reino dos Céus se não reconhecer que Cristo é o seu SENHOR e SALVADOR. Aquele que não entrar pela porta e tenta ter acesso ao Reino pulando o muro ou até mesmo a janela, torna-se ladrão e salteador (Jo 10:1). Pular o muro ou a janela é legalismo (posição doutrinária que enfatiza um sistema de regras e regulamentos para alcançar salvação e crescimento espiritual), ou seja, esse “pulo” é dado por aqueles que querem ser salvos através de suas próprias obras e acreditam que suas boas ações e o ato de se afastar das más obras o levará ao céu. Mas aquele que passou pela porta sabe que a única obra que era necessária a se fazer para termos o benefício da salvação e da vida eterna já foi feita na Cruz do Calvário e, por sermos salvos ao passar pela Porta, praticamos as boas obras.
Para concluir esse primeiro tópico, deixo aqui registrado que o versículo 1 do capítulo em questão, diz que o profeta foi levado “à porta que olha para o CAMINHO DO ORIENTE”. Oriente é o lado leste, o lado do “nascer do sol” (onde tudo começa). O que mais me chamou atenção é o fato do Tabernáculo ter apenas uma porta, que ficava virada para o lado oriental. Aqui vemos que CRISTO é a Porta (Jo 10:9), o Oriente (Mt 2:2; Lc 1:68) e o Sol da Justiça (Ml 4:2).
 
 
2º) Render-se ao ESPÍRITO SANTO (vers 5).
 
Agora que já entendemos onde começa a verdadeira adoração, precisamos compreender também que sozinhos nunca conseguiremos andar por esse Caminho estreito (Mt 7:14). Como o nosso amado DEUS conhece nossa estrutura e sabe que somos pó (Sl 103:14), enviou seu Único Filho, JESUS, a Porta da nossa Salvação, para viver conosco. Porém, nessa terra Ele não poderia viver eternamente. Então, Ele mesmo fez uma promessa: “EU rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro CONSOLADOR, para que fique convosco para sempre (Jo 14:16)”. E Recebemos a promessa da descida do Espírito Santo... e Ele veio até nós.
 
Esse Maravilhoso e Supremo Amigo está conosco todos os dias para nos ajudar. Mas, apesar dEle ser nosso Amigo, Ele não deixa de ser o SENHOR da nossa vida e, como servos Seus, precisamos ser submissos à Sua Doce Voz.
Vemos no versículo 5 que o profeta foi submisso ao Espírito Santo e não resistiu ao Seu mover quando Ele o levou para dentro. Quando ele entrou no templo, guiado pelo Espírito, a glória do SENHOR encheu aquele lugar. E é exatamente isso que acontecerá conosco se passarmos a ser submissos e nos render a esse Espírito que é Santo, Santo, Santo.
 
 
3º) RESTAURANDO O ALTAR DA ADORAÇÃO (vers 9).
 
O versículo 9 desse mesmo capítulo, cita duas coisas que eu nunca tinha imaginado que poderia existir no meio do povo. O próprio DEUS ordena ao povo que lançassem para longe dEle sua PROSTITUIÇÃO e os CADÁVERES DOS SEUS REIS, pois só assim DEUS habitaria no meio deles para sempre. Mas qual o significado dessas coisas?
 
3.1) PROSTITUIÇÃO – Qual é o tipo de adoração que DEUS requer de você? Qual fruto você tem dado a ELE? Essa prostituição vem a ser exatamente isso: A FALTA DOS FRUTOS.
 
Sabemos que na prostituição existe prazer, mas não existe procriação. Existe uma felicidade momentânea, mas não existe geração de filhos. Isso não pode existir de forma alguma no nosso meio: crentes que querem prazer, querem as bênção, querem as riquezas e a prosperidade, mas não querem gerar filhos espirituais, não querem ser ganhadores de almas. O ato de ganhar almas é a maior adoração que Deus requer de nós. É esse altar que Deus quer que você restaure HOJE mesmo. Você quer adorar a DEUS em espírito e em verdade? Ame ao SENHOR, louvando na igreja (em espírito) e ame ao SENHOR ganhando almas fora da igreja (em verdade).
 
3.2) CADÁVERES DOS REIS – Qual é o papel de um rei? Um rei é designado realmente para governar, para conduzir, para representar e para reinar sobre seu povo. Mas o que vem a ser esses cadáveres de reis? Todos nós sabemos que a nação de Israel teve diversos reis e, infelizmente, a maioria deles fizeram o povo perecer, pois levaram a nação escolhida de Deus a se prostrar diante de outros deus. Deus então diz ao profeta Ezequiel e ao povo para tirar do meio deles os cadáveres dos seus reis, os cadáveres dos homens que os lavavam a pecar.
 
Será que existem alguns cadáveres de reis no nosso meio? Coisas que antes nos dominava, reinando sobre nós junto com o “velho homem”? Se ainda existem coisas assim como pensamentos errados, lugares proibidos, momentos enganosos e até mesmo os falsos “amigos” que, mesmo após a nossa conversão, ainda estão querendo nos fazer pecar, destruindo ainda mais o altar que necessita de restauração, é necessário tirar esses cadáveres de dentro dos nossos corações. Nada que ficou para trás lá no mundão serve para edificação. Precisamos abrir mão de vez de tudo aquilo que nos fazia ter uma vida pecaminosa, pois só assim DEUS habitará no nosso meio para sempre.
 
 
4º) Ser eternamente habitação do DEUS (vers 7).
O versículo 7, assim como toda a Bíblia, é Maravilhoso! Aqui DEUS faz uma promessa ao profeta Ezequiel dizendo que habitaria para sempre no meio Seu povo, pois ali é o lugar do Seu trono e da planta dos Seus pés. Mas sabemos que o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens (At 7:48; 17:24). Então, como Ele habitará para sempre no nosso meio? A resposta está na própria pergunta: no nosso meio, dentro de nós. O templo que DEUS quer realmente habitar não é o templo feito por mãos humanas, mas o templo feito pelas mãos divinas, feitas por Ele mesmo. DEUS quer habitar no meio de nós, pois somos templo do Espírito Santo (1ª Co 3:16).
 
Não deixe para amanhã a Restauração que você precisa fazer HOJE. O ALTAR DA ADORAÇÃO É COISA SÉRIA! Apesar de vivermos na dispensação da Graça, não podemos brincar com a Adoração, pensando que isso é coisa do Antigo Testamento. O Espírito Santo anseia morar dentro de você, por isso, se você ainda não passou pela Porta, se rendeu a Ele e tirou toda a prostituição e os cadáveres dos antigos reis de seu coração, faça isso AGORA MESMO...
e seja um VERDADEIRO ADORADOR COM UM ALTAR COMPLETAMENTE RESTAURADO!
 

DEUS VOS ABENÇOE!
Pr.LucianoXisto

 

Online

Nós temos 33 visitantes online

Twitter

 

Facebook

Templates Joomla 1.5